Entrevista com a dona da Cupcakes Feelings: Raphaella Batista.


Raphaella Batista, Cupcake FeelingsRaphaella Batista, ou apenas Lela como prefere, é uma recifense de 24 anos formada em publicidade e pós-graduada em Administração de Marketing e é conhecida pelo site e a loja Cupcake Feelings.
Apesar da vida corrida atualizando seu blog e assando cupcakes, Lela aceitou meu convite de responder algumas perguntinhas sobre seu sucesso no ramo dos cupcakes!
E aqui está o resultado da entrevista:
TRFC: Como e quando começou a sua paixão por Cupcakes?
Lela: Há muito tempo atrás, morei por alguns anos nos Estados Unidos. Nesse período, desenvolvi um vício: cupcakes. Ao voltar para o Brasil, fui obrigada a enfrentar uma “rehab”, já que naquela época não havia nada semelhante a um cupcake por aqui. Porééém, há cerca de 5 anos, esses mini-bolos chegaram no país e viraram uma febre. Resultado? Tive uma recaída! Hahaha.

TRFC: Teve dificuldade  no início devido à pequena popularidade do bolinho no Brasil?
Lela: Quanto à aceitação do público, não. Tive a sorte de começar a produzir os bolinhos na época que eles estavam chegando aqui no país. Então como havia muita curiosidade das pessoas para saber o que era aquilo, elas sempre procuravam para experimentar.

A dificuldade que existia era encontrar ingredientes e ferramentas adequadas e especiais para cupcakes. Tudo que eu comprava tinha que ser importado, pois aqui não havia muitas opções. Hoje em dia já encontramos bastante coisitas, mas ainda é limitadinho. A criatividade tem que falar mais alto para se adequar com o que temos em mãos. Hahaha.

TRFC: Quando você decidiu transformar o seu hobbie em profissão?
Lela: Em 2011, quinze dias após lançar o blog, meus amigos que sabiam que eu adorava fazer cupcakes, começaram a incentivar a vender os bolinhos. Encarei o desafio com um teste pessoal mesmo e terminou que deu certo. 🙂

Cupcakes feelings

TRFC: Qual é a sua parte favorita em preparar um Cupcake?
Lela: Minha parte favorita é ver eles prontinhos! Não consigo ficar inerte depois disso. Quero logo tirar fotos, expor eles pro mundo todo. É como uma mãe que arruma suas filhinhas e fica babando por horas, admirando, sabe?

TRFC: Qual é seu sabor favorito de cupcake?  
Lela: Vanilla! Porque mistura uma massa branca bem leve, com cobertura de doce-de-leite (que eu aaaaaamo!) e buttercream de baunilha, que é um creme tipicamente americano. Fica bem leve e menos doce que os de chocolate. Só não fica perfeito porque engorda. Hahaha.

Cupcake Feelings

Cupcake Rainbow: Cupcakes de baunilha, com recheio de brigadeiro e massa tingida.

TRFC: De onde veio à ideia de montar o site Cupcake Feelings?
Lela: Diante da situação de viver no país dos cupcakes e adquirir o vício por estes, passei a ter mais acesso ao doce e a tudo que se tratava dele. Meus amigos desistiram de me ajudar a curar o vício e passaram a alimentá-lo, enviando sempre algum site, imagem, vídeo, etc. Dessa forma, passei a ter muitas referências em relação aos cupcakes, e senti uma necessidade de expor isso para as pessoas. Não tenho nem intenção em fazer o blog ser super acessado, nem nada. É mais um diário cupcakiano que eu quero compartilhar com outros possíveis viciadinhos.

TRFC: Quando você sentiu que estava preparada para abrir uma loja e como foi essa experiência?
Lela: Preparada você nunca se sente, viu? Hahaha. É uma responsabilidade muito grande, uma mudança enorme. É uma decisão bem difícil de ser tomada. Por mais gostosa que seja de vivenciar isso tudo, tem muitos pontos que pesam nessa decisão. Eu senti que eu tinha que focar em algum ramo quando eu me comprometi em trabalhar numa agência de publicidade, pós-graduação e encomendas de cupcakes. Eu cozinhava das 23h às 3h todos os dias. Trabalhava na agência a partir das 9h, e daí seguia o dia numa loucura. Eu já não estava rendendo em canto nenhum, estava cansada, estressada. Precisei parar e escolher o que seria prioridade pra mim a partir daquele momento, porque do jeito que tava, não dava pra continuar. Daí optei pelos cupcakes e tive que abrir um loja, pois a humilde cozinha da minha casa não estava mais dando conta do espaço.

Tenho certeza que fiz a coisa certa. Estou muito feliz com tudo que está acontecendo. 🙂

Cupcake Feelings

Fachada da loja Cupcake Feelings

TRFC: Você tem projetos de transformar o Cupcake Feelings em uma rede expandindo por todo o país?
Lela: Estou dando um passo por vez. No momento, estou focada na loja e nos pontos-de-venda. Porém já estou com um projeto encaminhado para que nossos cupcakes cheguem até São Paulo muito em breve! 🙂

TRFC: A sua faculdade de publicidade a ajudou no ramo dos Cupcakes?
Lela: Bastante! Tanto a faculdade, quanto a pós-graduação em Administração em Marketing. Me deu uma visão melhor de mercado, de como utilizar redes sociais para divulgar o meu negócio, como torná-lo conhecido, como tratar os clientes, legislação, tudo. Apesar de não ter uma ligação direta com a área gastronômica, os cursos me deram uma base muito boa para o desenvolvimento do meu lado empreendedor.

TRFC: Alguma dica para a quem está começando no mundo dos mini-bolos?
Lela : A minha dica vale não só pra quem está começando nesse ramo, mas em qualquer outro: foco e dedicação. Se teve uma ideia agora, coloque ela em prática o mais breve possível, não deixe pra amanhã. Amanhã alguém pode ter sua mesma ideia e executá-la antes e você perdeu tudo. Portanto, mãos a obra! Não fica com a ideia em mãos. Começa a trabalhar ela logo para que você não perca o time e dê tudo certo. Obstáculos mil vão surgir, Mas se mantenha focado no objetivo final e vá em frente. 🙂

Cupcake Feelings

Essa Lela é uma fofa né???!!  Muito obrigada pela atenção e pela participação no blog e pode ter certeza que quando a Cupcake Feelings chegar a São Paulo você já terá uma fã!!! ❤

E para quem quer saber mais é só entrar no Cupcake Feeling e quem mora por Recife é só passar na loja para experimentar essas mini delícias que são os cupcakes da Lela!

Sua loja fica Rua Gonçalves Maia, 221, Boa Vista, Recife, PE. Rua do Consulado Americano. O horário de funcionamento é de Segunda a Sexta das 10h às 19h e aos Sábado das 10h às 1h.

Além disso os cupcakes da Lela são vendidos por vários outros pontos de Recife, é só conferir aqui!

xdfg

Cupcakes feito com amor é outra coisa né?

Fotos tiradas do Facebook do Cupcake Feelings!

Anúncios

Crianças em Recife agora podem aprender a decorar Cupcakes!


Essa é uma notícia para o pessoal que mora em Recife, principalmente as crianças!

CUPCAKE
De hoje, dia 16 até 3 de fevereiro o shopping RioMar abre um espaço para as crianças entre 3 a 10 anos se divertirem em suas férias!
Mas até aí normal, a maioria dos shoppings fazem isso nessa época do ano, o difere é que a colônia de férias Doces Férias RioMar conta com uma oficina de CUPCAKES!

CUPCAKES
Há um gigante cupcake no meio do shopping (PORQUE EU NÃO MORO NO RECIFE???), e lá todas as crianças podem decorar seus próprios cupcakes com a ajuda de monitores aptos para ensinar a decorar os mini bolos.
Imagina só, a fofura que deve ser um monte de crianças fazendo seu próprio cupcake!!! Eu morria num lugar desse!

its so fluffy agnes meu malvado favorito gif