Livro de Receitas: Dona Benta – Comer Bem


Ganhei um presente muito especial esse final de semana, o livro de receitas da Dona Benta!!! São mais de 1500 receitas, mais de 1100 páginas, é praticamente uma enciclopédia de culinária!

É incrível, todas as receitas clássica do mundo estão nele! Além de conter dicas, truques, curiosidades, como montar sua mesa e etc….

Para terem uma noção, o livro já está em sua 76º, sendo lançado em 1940 e já foi vendido mais de 1 milhão de exemplares!

O livro começa com uma linda apresentação de Arnaldo Lorençato escrito na primavera de 2003, depois tem uma página chamada “utilizando este livro” explicando a melhor maneira de aproveitar as receitas. Aí começam as dicas de utensílios, cozimento, congelamento, pesos e medidas, validade…

As receitas mesmo começam lá pra página 50 e vão até a página 1000. Depois tem uma parte de sugestões de cardápio que é bem legal, dando dicas do que cozinhar em ocasiões especiais!

Depois vem a minha parte favorita que é a de curiosidades, em que um lado tem as curiosidades e do outro tem ilustrações das capas antigas do livro, é a maior fofura!

Foto de naminhamesa

No fim tem dois índices um alfabético e outro por ingrediente, que é super interessante! Que nem, eu queria ver um receita de recheio com nozes, aí eu fui no índice procurei por nozes e achei rapinho a receita que queria.

Ahhhh o livro ainda tem cheirinho de chocolate! É uma delícia de livro, literalmente <3… Sem falar que naquela folha branca que separa o final de um capítulo e início de outro, sempre tem uma citação de uma edição antiga do Comer Bem. Como não amar?

“A arte de agradar tem parte dos seus segredos na cozinha. Quantas querências não se resolvem com a política e a lábias dos bons pratos? Os embaixadores têm os mestres de cozinha na conta de hábeis diplomatas”

– Texto da edição de 1942 do Dona Benta.

Ficha Técnica

Título: Dona Benta – Comer Bem – Edição Especial Completa

Autor: Luiz Cintra (edição das receitas)

Editora: Companhia Editora Nacional

Ano de edição: 2007

Anúncios

Crumble de Maçã


Uma das receitas mais fáceis, e mesmo assim chama atenção por sua originalidade é o Crumble! Por isso hoje vou ensina-los a fazer Crumble de Maçã. Caso você não goste de maçã, dá pra trocar por outras frutas como banana por exemplo.

O que precisa?

  • 5 maçãs
  • 1 xícara de manteiga gelada
  • 1 xícara e ½ de farinha de trigo
  • 1 xícara e 1 colher de sopa de açúcar
  • Canela a gosto

 

Como faz?

Corte as maçãs em finas fatias em coloque-as em um refratário. Depois cubra com uma camada de canela. Adicione a manteiga, a farinha e açúcar e misture tudo com as mãos até ficar como uma espécie de farofa.

Com o forno preaquecido à 180°C, coloque o crumble para assar pôr em média 30 minutos e prontinho!

Fica uma delícia se for servido com sorvete!

CRUMBLE

I could kill for dessert


Você mataria por uma sobremesa? A Danielle Noce sim! Mas quem é Danielle Noce?

Ela é uma brasileira, que tem um cabelo lindo, formada em desenho de moda, pós-graduada em gestão de luxo, cursou atuação para teatro, atuação para cinema, formada em confeitaria e atualmente está cursando o MasterClass de pâtisserie na École Lenôtre na França (gente fina é outra coisa)!

Além disso, ela ainda tem um site e um programa de TV que leva o nome “I Could Kill for dessert”. Ou seja, resumidamente, ela é linda, supertalentosa, bem vestida e uma ótima confeiteira… (Tudo que eu queria ser, rs).

Em seu site, e em seu programa que passa na VH1, ela ensina a fazer receitas incríveis, deliciosas e lindíssimasssss.

Em seus vídeos ela ensina a fazer, mousses, drinks, donuts, cupcakes, bolos e tudo que há de bom na mistura das meninas super poderosas hahahah.

Além de tudo é uma fofa né?

leitores na cozinha!

Não deixem de conferir o site AQUI ou o programa todas as terças as 22:30 no VH1!

Cupcakes Veganos e Sem Glúten


Cupcakes são tão gostosos que tudo mundo deveria aproveitar! Só que nem sempre isso acontece, é comum pessoas não poderem saborear um delicioso bolinho por conter ingredientes que nem todos podem comer.

Pensando nisso a loja curitibana Cupcake Company resolveu lançar um cupcake vegan e sem glúten!

E quem pensa que um cupcake sem nenhum ingrediente de origem animal deve ser ruim, está muito enganado. Ele é de chocolate com cobertura de cappuccino, contando com um leve toque de canela e café.

Foto: Divulgação

Agora, se você não mora em Curitiba e gostaria de comer um cupcake vegan ou sem glúten, aqui vão algumas sugestões:

O livro “Fazendo Cupcakes com a Lola conta com uma receita de Red Velvet Vegano. Vem ver como fazer:

Do que eu preciso:

1 xícara de leite de soja
1 colher de chá de vinagre de maçã
1 ¾ xícara de farinha de trigo
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
1 xícara de açúcar refinado
160ml de óleo vegetal
2 colheres de chá de corante vermelho comestível
2 colheres de chá de extrato de baunilha

Como faz?

Preaqueça o forno a 190ºC. Numa tigela, misture a farinha, o cacau, o fermento e o sal. Junte o açúcar.

Adicione o óleo, o corante e a baunilha à mistura de leite de soja com vinagre e mexa bem. Despeje o líquido sobre os ingredientes secos e misture. Transfira a massa para uma jarra, pois ela estará bem diluída.

Divida a massa entre as forminhas. Asse por cerca de 20 minutos e pronto.

Retire do forno, desenforme e deixe esfriar completamente antes de decorar.

Buttercream Vegano

Do que eu preciso:

1 xícara de manteiga de soja
1 colher de sopa de extrato de baunilha
5  e  ½ xícaras de açúcar de confeiteiro
Cerca de 2 ou 3 colheres de  sopa de Leite de soja

Como faz?

Coloque a manteiga de soja e a baunilha numa tigela. Peneire o açúcar sobre elas. Bata em velocidade baixa até que os ingredientes estejam incorporados, então aumente a velocidade para média-alta e bata por 2 a 3 minutos. Se necessário, adicione um pouco de leite para diluir.

Com uma faca afiada, corte uma fina fatia do topo de cada cupcake. Aperte-a entre os dedos para formar as migalhas vermelhas. Reserve.

Com uma espátula, espalhe a cobertura sobre os cupcakes frios ou coloque o creme, às colheradas, num saco de confeitar com bico de pitanga e enfeite os bolinhos. Cubra com as migalhas de veludo vermelho reservadas.

Imagem do livro “Fazendo Cupcakes com Lola”

Agora se você não pode comer glúten no site da ACELPAR dá para encontrar algumas receitas de farinha sem glúten! É só clica AQUI para dar uma olhadinha.