Review Batedeira KitchenAid Stand Mixer


Sempre me perguntaram porque eu fazia questão de uma KitchenAid, em vez de uma outra batedeira planetária. O que ela tinha de especial? Por que é a marca mais famosa? E a mais cara? Pois bem, agora que finalmente eu pude testar, posso responder essas perguntas!

O que ela tem de tão diferente assim?

Foto de divulgação

Um milhão de coisas, rs.

Primeiro são os batedores, que além daquele comum que vem já conhecemos, ainda é incluso mais dois, o batedor plano e o em forma de gancho.

O batedor comum é para massas que exigem incorporação de ar: ovos, pão-de-ló, merengues e etc. O plano serve para as massas mais pesadas: bolos, biscoitos, cupcakes… E o batedor tipo gancho é para massas mais pesadas ainda e que vão bastante fermento como o caso de pães, roscas, pizza e macarrão.

Ou seja, os dias de medo que sua batedeira não vai aguentar porque a massa é muito pesada acabaram!

A velocidade e os movimentos também são outros elementos favoráveis em relação as outras batedeiras. Ela têm 10 velocidades, permitindo que cada massa possa ser batida no melhor tempo adequado para a receita.

Por se tratar de uma planetária, ela faz tudo por você, então é só jogar os ingredientes lá e misturar. Não precisa parar de bater para adicionar novos ingredientes, assim a massa fica mais consistente e a mistura mais homogênea.

O barulho é outro diferencial! Sim, ainda existe uma barulho, mas beeem menor. Não é igual a maioria das batedeiras que fazem “brrrruuuuuummmbrumbrumbruuumm” e o som se assemelha a uma britadeira. O barulho tá mais pra um “zummmmm”, tipo só do motor ligado mesmo!

Existem os acessórios, que podem ser comprados a parte, que encaixam na batedeira e são simplesmente geniais! E isso com certeza, sempre será uma exclusividade especial da marca.

E é claro, o design! Temos que admitir, ela é lindíssima! A opção de cores e o formato é uma qualidade irreverente da marca.

Mas ainda assim, não é só de prós que um produto é feito! Acho que o grande problema, nem da batedeira em si e sim da falta de estrutura dos produtos em relação a venda nos Estados Unidos.

Aqui as cores são limitadas! Atualmente só é possível optar pela branca, prata, vermelha, cobre e a pink. Lá a uma diversidade infinita de cores: verde, azul, amarela, roxo, laranja, rosa bebê, azul bebê… Até há uma previsão de vir novas cores para cá no fim do ano, mas ainda assim não serão todas.

Como a pink (a que eu escolhi) é edição limitada, ela só vinha com a tigela de vidro, que é mais difícil de se trabalhar em relação a de inox. É claro, que é possível comprar separadamente depois a de inox, mas mesmo assim seria melhor fosse escolha do comprador a escolha do material da tigela.

E a grande reclamação de todos, é claro, em relação de preços. Aqui chega a custar mais que o dobro do preço do que nos EUA!  Você paga bem mais e ainda assim, você tem poucas opções de cores….

Por se tratar de um produto pesado, é beeem difícil comprar de fora, devido todas as burocracias alfandegárias e por questão de não caber na mala mesmo! Ainda, comprar de lá significa que depois não haverá assistência nem garantia. Ou seja, dá um medo né!

Ainda assim, se trata de um produto que dura a vida toda! Uma batedeira KitchenAind não é que nem um laptop que tem que ficar trocando de 5 em 5 anos e olha lá, ela tem uma grande durabilidade. Por isso, acredito que o investimento vale a pena!

Sem falar que é a coisa mais linda da cozinha né gente? Como não se apaixonar?

Foto de divulgação

Anúncios

3 comentários sobre “Review Batedeira KitchenAid Stand Mixer

  1. Olá! gostei das suas dicas. Gostaria de apenas compartilhar a minha experiência em relação ao transporte dela para o Brasil. Comprei a minha nos EUA. Antes de voltar para o Brasil, retirei da caixa deixando ( a caixa é muito grande, ocupa muito espaço) apenas a proteção de isopor que cobre as pontas laterais. O corpo da batedeira eu cobri com um monte de roupas. Quando cheguei em casa, estava ansiosa para abrir para ver se estava tudo ok com a minha parceira. E deu tudo certo. Ela está perfeita, como se tivesse sido transportada na caixa. O isopor fez a diferença, impedindo arranhões nas pontas arredondadas. Ah! outra coisa importante. Traga o bowl em outra mala, assim você reduz um pouco o peso dela. A batedeira no total sem caixa e com bowl pesa 10kg. Eu pesei. Retirando a peça de inox fica melhor ainda.

    • Olá Ana! Achei bastante interessante seu comentário! Eu cogitei trazer a minha de lá, mas fiquei com medo por causa do peso e de ser taxada na alfandega. Pensei em fazer isso oq vc fez mas tbm tinha medo de que quebrasse no meio da viagem. Fico feliz que ela é mus resistente do que imaginava! Vale muito a pena comprar de lá pq alem de ser 3x mais barato existem milhões de variações de cores. Eu só fico com dúvida em relação da garantia e assistência, a KitchenAid Brasil dá assistência para uma batedeira comprada lá fora?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s